O Botafogo é um dos clubes mais tradicionais do Brasil e um dos mais supersticiosos também.

Vamos lá, você já ouviu a frase, tem coisas que só acontecem com o Botafogo.

Em 2020, o time da estrela solitária, apostou em estrelas internacionais como Honda e Kalou, que não renderam, por diversos motivos. Com isso teve a pior campanha da história da competição.

Afundado em dívidas e jogando a 2° divisão, seria o fim do clube?

Há esperanças!

A troca no comando da presidência do clube trouxe novos ares e novos profissionais, com destaque para o Diretor de Futebol Eduardo Freeland e o técnico Marcelo Chamusca.

Além disso, o clube tem demonstrando mais organização e coerência na contratação de jogadores, além de marcar um golaço apostando na base.

Na última quarta, a equipe goleou o Moto Club por 5×0 na Copa do Brasil. 1° fase, contra um adversário inferior tecnicamente não é nada absurdo, mas vale lembrar de outras experiências negativas, é preciso ressaltar o resultado.

Há quem diga por aí, que “Chamuscou” e agora vai!

Mas será que o Botafogo irá ressurgir das cinzas?

O cenário é desfavorável, mas há coisas que só acontecem com o Botafogo.