Ex jogador, com passagens em grandes clubes e na seleção brasileira!

Formado em Educação Física e a mais de 30 anos atuando como técnico de futebol.

Nenhum currículo descreveria tão bem o treinador quanto a palavra resiliência.

Apesar de atuar como técnico desde 85, teve o seu grande destaque em 2004 com o Flamengo e em 2005 com o Fluminense, nas duas oportunidades, chegou a final da Copa do Brasil e foi derrotado!

Resiliência!

Em 2006, se tornou campeão da libertadores e mundial com o Inter, a redenção!

Em 2012 voltou a protagonizar momentos importantes com a conquista do Brasileiro pela equipe do Fluminense!

Em 2017, a maior derrota, mas dessa vez fora de campo. O seu filho João Pedro, teve uma convulsão, caiu da janela do seu apartamento no Leblon e acabou morrendo.

Superação

Apesar da tragédia, o técnico seguiu em frente e o próximo trabalho com maior destaque foi no Flamengo!

Foi campeão carioca em 2019, classificou o time na libertadores e na copa do Brasil… mas apesar dos aproveitamento de quase 70%, havia uma insatisfação enorme com o trabalho do mesmo, o que desgastou a relação e fez com que o técnico pedisse demissão.

Chegou ao Inter após a saída de Coudet que fazia um belo trabalho.

Logo no início, amargou eliminações na libertadores e na copa do Brasil. Após as eleições no clube, viu o novo mandatário anunciar um acordo verbal com outro técnico para a próxima temporada.

O pior cenário possível!

E foi nesse cenário que o técnico embalou uma sequência de 10 vitórias seguidas e pode se sagrar campeão brasileiro no próximo domingo.

O técnico do improvável, de personalidade forte, prova seu valor e competência mais uma vez!

Se será herói ou vilão, só após a última rodada iremos saber!