Dados do Caged apontam saldo positivo de mais de mil postos de trabalho no acumulado até julho; Setor de Serviços é o que mais contratou

No atual cenário de crise econômica, Volta Redonda vem apresentando bons resultados em relação à geração de emprego e renda. A abertura de diálogo do Governo Municipal com os empresários, os esforços da prefeitura para incentivar o empreendedorismo e a vinda de empresas para a cidade, retratam números positivos, como os mais de mil postos de trabalho resultantes até julho. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os quais mostram que o município contratou mais do que dispensou no primeiro semestre deste ano (saldo de 1.031 empregos).

O setor que mais se destacou foi o de serviços, com saldo de 456 vagas entre admissões e demissões. Dentre as empresas que mais contribuíram para esse número positivo está a CBSI (Companhia Brasileira de Serviços de Infraestrutura). De acordo com a gerente de Recursos Humanos da empresa, Patricia Flôres, no últimos seis meses a CBSI criou cerca de 330 novos postos de trabalho, sendo 95% deles na cidade Volta Redonda.

“Isso significa movimentar a economia, permitindo geração de renda para mais famílias da cidade. A maioria das contratações é com foco operacional. Em Volta Redonda, estão concentradas as áreas administrativas da empresa, como Financeiro, Recursos Humanos, Suprimentos e Comercial. Nelas, também houve um aumento de quadro, privilegiando a contratação de mão de obra local especializada”, comentou Patricia.

Os outros dois setores que também geraram resultado positivo entre contratações e dispensas foram Indústria (396) e Construção Civil (230). O setor de Comércio foi o único com saldo negativo (197 demissões no acumulado do ano até julho).

Mais empregos à vista

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Fazenda, Volta Redonda conta atualmente com cerca de 15 mil empresas no cadastro imobiliário. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, comentou que a administração municipal tem trabalhado para melhorar cada vez mais o ambiente de negócios na cidade.

“Em breve, teremos a inauguração do Shopping Park Sul, que tem a previsão de gerar em torno de 3 mil empregos. A empresa de Call Center que já atua na cidade e contratou mais de 800 pessoas, está abrindo mais 400 oportunidades ainda neste mês. Além  de realizar ações que atraem mais empresas para Volta Redonda, também promovemos incentivos ao microempreendedorismo”, citou Joselito.

O prefeito Samuca Silva afirmou que 2018 é o ano do emprego em Volta Redonda e que a população já vem sentindo o impacto positivo na geração de emprego e renda.

“Vamos trazer mais empresas e o trabalho promovido pela administração municipal têm sido fundamentais para dar mais oportunidades aos cidadãos. Os números mostram que estamos no caminho certo para superar a crise e colocar Volta Redonda como destaque em todas as áreas. Vamos deixar esse legado para nossa cidade”, frisou Samuca Silva.