Representantes da Secretaria de Planejamento participaram do evento, na última quinta, dia 25, pois o município foi o primeiro do estado a aderir o Modelo de Excelência em Gestão

Uma equipe da Secretaria de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão de Volta Redonda (Seplag) participou do IX Seminário de Boas Práticas de Gestão Pública e o Lançamento do Ciclo 2019 do processo de Autoavaliação da Gestão preconizado pelo Modelo de Excelência em Gestão, do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização. O evento aconteceu, na última quinta-feira, dia 25, no auditório do Centro Cultural da Caixa Econômica Federal, no Rio de Janeiro.

O município foi convidado para compor a mesa principal do seminário e também a ser um dos palestrantes do evento, por ser o primeiro do Estado do Rio de Janeiro a aderir ao Modelo de Excelência e a realizar a autoavaliação em 2018.  

O secretário de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag), Enock de Azevedo, compôs a mesa diretora dos trabalhos e, em seu discurso, destacou a importância de se falar em gestão, principalmente, em âmbito municipal, pois são as prefeituras que têm o contato mais direto com os cidadãos.

“É bom lembrar que um dos fatores que levaram à eleição do prefeito Samuca Silva foi a afirmação de que iria fazer gestão. E o convite para participar da abertura deste evento significa mais um compromisso firmado e cumprido em seu governo”, disse Enock.  

A palestra foi conduzida pelo diretor de Modernização e Inovação da secretaria, Igor Alves, que em sua apresentação destacou os principais avanços que a Prefeitura de Volta Redonda obteve por ter implantado o modelo de gestão. “Posso citar o Plano Plurianual Participativo, a criação da Controladoria Geral do Município e da Ouvidoria Geral do Município; a implantação do FiscalizaVR e da Escola de Governo e Gestão; e ainda a elaboração de um Banco de Projetos para Captação de Recursos”,enumerou.  

Ele também abordou resultados positivos da implantação da metodologia de reuniões estratégicas para análise de resultados e acompanhamento de indicadores feitos desde o início da gestão do prefeito Samuca entre representantes das secretarias e autarquias municipais.

“Nessa sistemática, é adotado um modelo de atuação conjunta dos órgãos e entidades da prefeitura, buscando a otimização de resultados, a efetividade das ações públicas, bem como a economicidade dos gastos públicos”, acrescentou Igor. 

Em apenas dois anos, o município conquistou os prêmios Prefeito Empreendedor, pelo Sebrae; 2ª Prefeitura mais transparente do Estado do Rio, pela Controladoria Geral da União (CGU); 3ª Prefeitura que mais ampliou as despesas com Saúde, pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP); 1ª Prefeitura a aderir ao Modelo de Excelência em Gestão do Rio de Janeiro; maior vencedora do Prêmio Lidera Rio, pelo Sebrae; e foi uma das premiadas com o relato de Boas Práticas de Transparência e Controle Social, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ).

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, afirma que todos esses resultados foram obtidos graças a forma de se fazer gestão pública que a prefeitura vem adotando através deste modelo de excelência em gestão. “A ideia é focar em resultados para o cidadão, oferecendo serviços mais eficazes à população”, disse.  

Ele acrescentou que a Prefeitura de Volta Redonda tornou-se referência, visto que, em breve, para arrecadar recursos do governo federal os municípios terão que aderir ao Modelo de Excelência em Gestão. Se a norma já estivesse vigente, só Volta Redonda, no Estado, estaria apta a captar recursos.

A Plataforma Mais Brasil, que será utilizada pelo governo federal para gerenciamento de convênios, adotará como pré-requisito a aplicação deste modelo. “Numa cidade que se acostumou com o assistencialismo e o imediatismo, falar em resultados de gestão chega pode ser difícil, pois esse esforço demanda tempo e constância de propósitos até que os resultados alcancem as pontas da sociedade”, afirmou Samuca.

Além do secretário de Planejamento, Enock de Azevedo, e do diretor de Modernização e Inovação da secretaria, Igor Alves, esteve na abertura do IX Seminário de Boas Práticas de Gestão Pública, no Rio de Janeiro, o assessor Técnico da Seplag, Carlos Augusto, que coordenou os trabalhos da apresentação e das elaborações de relatório de gestão.