Prefeito de Volta Redonda anuncia viagem da terceira idade e o projeto ‘Prefeitura Mais Presente”

Os participantes do projeto “Melhor Idade em Movimento”, no bairro Dom Bosco, tiveram uma surpresa nesta terça-feira, dia 22: a visita do prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva. No bairro, 83 pessoas participam do projeto. Na cidade, de acordo com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), atualmente, mais de 6,7 mil idosos participam dos programas da Terceira Idade em todas as regiões do município.

No encontro, o prefeito de Volta Redonda lembrou sobre o projeto “Prefeitura Mais Presente”, que acontecerá na região do bairro neste sábado, dia 26, na Escola Municipal Juarez Antunes. Serão realizados atendimentos do poder público em diversas áreas e será a primeira edição do projeto.

Nesta semana, ainda conforme anunciou Samuca Silva, começarão as inscrições para a viagem da terceira idade em 2018. Serão duas opções: para o Rio de Janeiro ou para um Hotel Fazenda na região. “Quem vai escolher são vocês, frequentadores dos centros de convivência. Vamos distribuir formulários para realizar as inscrições em cada pólo”, disse Samuca Silva.

“Como fico feliz em ver os nossos idosos buscando o bem estar e uma melhor qualidade de vida. Volta Redonda tem investido para essa faixa etária como, por exemplo, a inauguração do Hospital dos Idosos, a realização de programas de atividades físicas, o Bloco da Vida e a Academia da Vida”, contou o prefeito.

Segundo a secretária de Esporte e Lazer de Volta Redonda, Maria Paula Tavares, eles sabem o quanto essa fase da vida pode ser difícil, tanto em questões de saúde, quanto de autoestima. “Com o programa, além de melhorarem a condição física, os idosos passam a se sentir mais valorizados”, afirmou a secretária.

A visita agradou os participantes. José Nostório, de 70 anos, ficou feliz em ver o prefeito de Volta Redonda visitando o projeto: “A visita que ele está se importando conosco e quer saber como estamos na aula. Aqui é excelente para podermos conviver com pessoas da nossa idade”, contou o senhor.

Conceição Maria do Nascimento, de 81 anos, uma das mais idosas do programa, falou sobre a importância do projeto para manter a mente ativa. “Participo de tudo que a prefeitura oferece à terceira idade. Se hoje estou bem de saúde, é porque existe esse projeto. Amo estar aqui”, disse.