Durante apresentação, estavam representantes da Caixa Econômica Federal, que anunciaram para agosto um feirão de imóveis no município

 O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se reuniu nesta quarta-feira, dia 26, com o subsecretário de Habitação do Estado do Rio de Janeiro, Fabio Quintino e com representantes da Caixa Econômica Federal. No encontro foram apresentados projetos e programas habitacionais do governo do estado, que podem ser implantados no município, em parceria com o banco. Além disso, anunciaram ao prefeito que, em agosto, será realizado o Feirão da Caixa entre os dias 16 e 18.

O prefeito conheceu o foco dos projetos habitacionais do governo do estado para Volta Redonda. O objetivo é proporcionar mais oferta de moradia e oportunidade de financiamento para habitação. “Esses programas habitacionais são um grande fator para o desenvolvimento da construção civil e uma importante ferramenta para a realização do sonho da casa própria. Temos que ter a criatividade para tentar trazer algo novo que possa impulsionar a produção de unidades habitacionais e movimentar a economia”, destacou Samuca.

Fábio Quintino detalhou o programa intitulado “Casa Nova, Mudando Vidas”, que pretende ser uma marca na área de habitação. “O foco do programa é promover inclusão social, dignidade e desenvolvimento econômico, por meio de unidades subsidiadas pelo governo. Isso irá baratear o valor dos imóveis. Também é uma ideia trazer para Volta Redonda a construção de vila para idosos, onde haverá a área habitacional individual e centros de convivência, além da implantação de bairros planejados”, especificou Fábio.

Durante a reunião, representantes da caixa anunciaram que em agosto será realizado o Feirão da Caixa, embaixo da Biblioteca Municipal, entre os dias 16 e 18, que tem por objetivo intensificar a venda de imóveis em Volta Redonda, onde são ofertadas centenas de imóveis. “O Feirão vai contar com a parceria de construtoras, correspondentes da Caixa e imobiliárias que concentram esforços no evento para dar atendimento aos interessados em todo o país que estão em busca da casa própria”, finalizou Luciano.