Abel Braga que vinha sofrendo pressão de dirigentes e parte da torcida jogou a toalha e se desligou da direção do Flamengo. Com ele saíram Leomir e Fábio Moreno seus auxiliares diretos. Marcelo Salles, ex-técnico do Voltaço deve dirigir o time no final de semana

O português Jorge Jesus é o preferido da diretoria para substituí-lo. O clube já iniciou contatos com o treinador durante passagem de Marcos Braz e Bruno Spindel pela Europa e há confiança a respeito de um acerto. Três vezes campeão português, cinco da Taça da Liga e uma da Taça de Portugal pelo Benfica, ele foi eleito o melhor treinador de seu país por três anos e conquistou títulos também pelo Sporting. Seu último trabalho foi o Al Hilal, da Arábia Saudita

Pagando caro para ver e ouvir

As emissoras de rádio e TV que quiserem transmitir a Copa América, terão que investir pesado. Com um detalhe; tudo avaliado em dólar.  Para as emissoras de rádio, a Conmembol está cobrando US$ 200 mil, algo em torno de R$ 816 mil. Dentre as emissoras situadas no Rio de Janeiro, somente a  Super Rádio Tupi adquiriu os direitos. As outras emissoras garantidas são; Itatiaia de Belo Horizonte, Radio Gaúcha (RS) Jovem Pan, Transamérica e Bandeirantes (SP) e Jornal Comércio (PE)

Na TV fechada somente os canais Sportv  terão direito por pertencer o mesmo grupo empresarial.

Hora de marcar presença

O amor a um clube não se resume a palavras, é preciso presença, incentivo, cobrança mas sem deixar que este amor acabe. São exemplos demonstrados a todo instante pelas torcidas de Flamengo, Corinthians e Atlético Mineiro. Esses torcedores podem cobrar, mas na hora de participar, lá estão eles, lotando estádios e contribuindo para que seus clubes ultrapassem a crise e façam grandes contratações.

Neste final de semana o Voltaço recebe o Ypiranga (RS) para um confronto que poderá, em caso de vitória, recolocar o tricolor de aço na liderança da chave.  Chegou a hora da torcida marcar presença e mostrar o amor que sente por este clube que mesmo sem dinheiro e público reduzido em seus jogos, vem honrando a tradição e representando a cidade com dignidade a nível  nacional.

Caso Cruzeiro pode servir de exemplo

Pelo menos seis clubes foram punidos pela FIFA com multas e até seis anos sem poder fazer contratações por causa de terceiros nas negociações de direitos econômicos de jogadores.

A prática é proibida pela entidade máxima do esporte desde 2015 e é uma infração passivel de punição e que o Cruzeiro de Minas está sujeito a ser enquadrado pelas leis esportivas. A atual diretoria do clube mineiro repassou o percentual de dez atletas, inclusive um menor de 11  anos para o empresário Cristiano Richard dos Santos como garantia de uma dívida de R$ 2 milhões que o clube tem com o empresário.

Se o tribunal da Fifa aceitar a denúncia o clube mineiro poderá ficar impedido de fazer contratações e ainda ser punido com uma multa equivalente a dez vezes o valor devido ao empresário, ou seja R$ 20 milhões em nossa moeda. Que sirva de exemplo para os clubes que trabalham diretamente com empresários.

Manoel Alves

Jornalista Esportivo (ACERJ  0242)