Cidade Destaque

Prefeitura leva serviços diários aos bairros de Volta Redonda

Além da programação “Asfalto de Volta”, equipes da secretaria de Infraestrutura estão nas ruas atendendo as demandas diárias da população

As equipes da secretaria de Infraestrutura de Volta Redonda estiveram em vários bairros desde o final do mês de maio até a primeira semana de junho, realizando atividades de capina, roçada, recolhimento de entulhos, limpeza de canaletas. O secretário da pasta, Toninho Oreste, afirmou que “o objetivo é manter a cidade bem cuidada, atender as reivindicações das comunidades, dar uma resposta rápida para quem precisa dos serviços públicos na ponta, diariamente”, comentou.

 A roçada foi concluída na Rodovia dos Metalúrgicos e na Rodovia do Contorno. Retirada de terra na Avenida Santa Rosa, no Jardim Belmonte; na Rua Recife, Vila Americana; e Santo Agostinho. Capina e limpeza de canaletas na ciclovia da Rua J, ligada ao Açude IIII.  Nas proximidades da Escola Estadual Santos Dumont e a Praça São Paulo, no bairro Niterói, também foram feitas manutenções da área pública, seguindo depois para a Rua 2, no Conforto e Rua 6-B, no Belo Horizonte. Cerca de 20 bairros receberam os serviços.

O prefeito Samuca Silva, faz um balanço do atendimento. “São serviços mais urgentes solicitados pelas associações, contribuintes no aplicativo Fiscaliza VR, ou feitas diretamente para a SMI. E este atendimento vem sendo feito com varrições nas ruas e praças, recolhimento de terras e entulhos, revitalização de praças e demais áreas públicas, caiação, pinturas, melhorias de calçadas, manutenção em ginásios poliesportivos, roçadas e capinas. Não paramos de trabalhar nem nos finais de semana e feriados. A cidade precisa dessa atenção do poder público”, comentou.

A SMI fez também as bordas do campo da Santa Rita do Zarur, as bordas do mini campo e calçada na entrada do bairro. O bairro Vila Rica ganhou uma capina e limpeza na Rua Walter Granato (antiga Rua 4), manutenção da Praça do Rodo, e recolhimento de entulhos. Na Rua Cabo Frio, no Siderlândia, foi feita a retirada da terra que estava acumulada. O mesmo trabalho foi realizado na Rua Araquara, no São Cristovão, com o uso da retroescavadeira e caminhões.