Quinze alunos participam do curso de Informática, com carga horária total de 12 horas

A Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre) está capacitando um grupo de quinze pessoas que participaram do Mutirão do Emprego. A nova turma está recebendo o curso de Informática, desde o dia 23 e continuará até a próxima sexta-feira, dia 26. As aulas acontecem das 14hrs às 17hrs, na sala de informática da Academia da Vida, no acesso Laranja do Estádio Raulino de Oliveira, na Rua Quinhentos e Sessenta.

A diretora de Qualificação e Treinamento Cléia Camilo, explicou que as pessoas que passaram pelo Mutirão do emprego, no dia 1º de Maio, na Ilha São João já passaram por cursos como: Lider de Portaria e Controle de Acesso e Recepcionista, formando mais de 100 pessoas. “Foi realizada uma avaliação diagnosticadora e detectado que essas pessoas também estavam precisando de uma capacitação no ramo da informática”, explicou Cléia.

O curso é uma parceria da Fevre, com a PMVR e a Academia da Vida, que cedeu o espaço para a realização das aulas que tem a duração de 12horas e todos os participantes saem com o certificado. “O objetivo é preparar e capacitar essas pessoas para o mercado de trabalho”, acrescentou.

O presidente da Fundação Educacional, professor Waldir Leonel Bedê, comentou sobre a importância dessa capacitação e agradeceu o apoio da Academia da Vida em ceder o espaço. “A Fevre é uma instituição com mais de 51 anos de história ajudando a construir futuros cidadãos com muito trabalho educacional. Espero que tirem o máximo proveito do curso que é conhecimento profissional para a vida”, destacou Bedê.

Flavio Lessa Alves, professor de Informática, disse que os alunos aprenderão a manusear as ferramentas básicas do ramo da informática. “As aulas são de Windows, Word, Excel e Power Point. Tendo uma boa base dessas ferramentas eles conseguem ter uma boa base para o desenvolvimento profissional”, afirmou o professor.

A aluna Roseli da Silva Araújo, moradora do bairro Retiro disse que essa capacitação vai ser muito valida para ela que está desempregada. “Aceitamos fazer o curso e queremos aprimorar e melhorar o nosso currículo. Com essa qualificação fica mais fácil de abrir as portas de trabalho. A ideia é aprimorar cada vez mais”, disse. Já Ana Maria, acrescentou que está feliz com essa oportunidade. “Melhorando cada vez mais nos enche de esperança em conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Temos que estar preparando e em constante desenvolvimento profissional”, acrescentou.

O prefeito Samuca Silva, agradeceu a participação dos candidatos: “Fico feliz em ver que o Mutirão do Emprego, vem trazendo resultados, seja com as qualificações ofertadas, seja com aqueles que já conseguiram colocação no mercado de trabalho. A Fevre vai continuar capacitando e preparando as pessoas para as vagas que vão surgir porque as empresas, cada vez mais, buscam mão de obra qualificada”, finalizou Samuca.