Volta Redonda faz campanha de vacinação contra febre amarela na CSN

Secretaria de Saúde disponibilizou duas mil doses da vacina para ação nesta quarta-feira, dia 14

 O Posto de Medicina do Trabalho da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) funcionou como um posto avançado da Secretaria de Saúde de Volta Redonda nesta quarta-feira, dia 14. Uma equipe da Atenção Básica trabalhou em dois turnos, pela manhã e à tarde, para imunizar os funcionários da empresa contra a febre amarela.

De acordo com a coordenadora da Atenção Básica, Anna Carolina Guimarães Braga, a ação da CSN faz parte do trabalho de busca ativa pelos moradores que ainda estão com o cartão de vacinação desatualizado. “Nesta quarta-feira, dia 14, conseguimos aplicar cerca de 10% das doses disponibilizadas para os funcionários da empresa”, disse Anna Carolina, afirmando que este é um bom número, já que toda as 44 Unidades Básicas de Saúde têm contabilizado, juntas, uma médica de 300 doses aplicadas por dia.

Para o coordenador de Medicina do Trabalho da empresa, Geraldo Assis Cardoso, apesar da procura não ter sido em massa, a ação foi muito importante. “A febre amarela é uma doença muito grave, com alta taxa de mortalidade, por isso a imunização é indispensável. E uma meta da CSN é manter a saúde e a qualidade de vida do funcionário”, disse.

Entre os que aproveitaram a oportunidade e se vacinaram contra a febre amarela estavam Ricardo Silva Roque, do setor de informática; Thiago Juliano, do Pátio de Carvão; e Luana Azzi, da área de Transporte Interno. Todos alegaram falta de tempo para procurarem uma Unidade Básica de Saúde.

“Com a vacina disponível aqui dentro da empresa ficou mais prático ser imunizado. Agora estou protegido contra febre amarela”, disse Ricardo Roque.

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, ressaltou que “os funcionários da CSN estão inseridos no contexto do município, que já tem cerca de 200 mil imunizados”, disse, lembrando que essas ações de busca ativa são para atingir o público que não tem a possibilidade de procurar as unidades de saúde em horário comercial.

As ações de descentralização para aplicação da vacina vão continuar. A secretaria está preparada para fornecer doses de vacina contra a febre amarela para empresas, universidades, escolas e outros grupos para atender o público que não pode comparecer às unidades da Atenção Básica no horário comercial. As instituições interessadas devem entrar em contato com a Divisão da Atenção Básica da Secretaria de Saúde pelo telefone: 3339-9654.

O prefeito Samuca Silva afirma que foi um grande acerto a antecipação da campanha de vacinação contra febre amarela em Volta Redonda – que começou um mês antes da campanha prevista pelo governo do estado. “Com essa medida, imunizamos mais de 153 mil pessoas somente em 2018. E vamos continuar com ações que garantam a vacinação de todo público alvo”, disse o prefeito.