Programação vai até o dia 31 de agosto

Nesta semana, entre os estudantes beneficiados por atividades do Mês da Juventude em Volta Redonda, estavam os alunos da Escola Municipal Professora Maria Rosa Rodrigues, que fica no Jardim Tiradentes. Eles receberam as atividades “Escola Tem Cultura” e “Riscolândia”. A programação elaborada pela Coordenadoria Municipal da Juventude ainda inclui os projetos “Sábados de Juventudes”; “Caravana ID Jovem”; palestras sobre Igualdade Racial; Tour Cultural; VR em Jogo; e gincana.

As atividades são realizadas em parceira com as secretarias de Cultura, Educação, Esporte e Lazer, Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão; além da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda) e Coordenadoria de Defesa Civil. A programação começou no dia 1º e será estendida até o dia 31 de agosto, considerado o Mês da Juventude.

Na Escola Maria Rosa, que atende a cerca de 600 alunos do 6º ao 9º ano, em dois períodos, pela manhã e à tarde, o encerramento do Escola Tem Cultura levou as artes cênicas para o pátio da unidade. A dupla Jéssica e Fausto mesclam teatro, música, arte circense para abordar assuntos que fazem parte do conteúdo de algumas disciplinas. “A diferença entre os ângulos Reto, Raso e Agudo, por exemplo, estão em nossa apresentação”, contou Jéssica.

A coordenadora do turno da manhã na escola, Marta Beatriz Almeida Tavolaro, aplaudiu a iniciativa da Coordenadoria da Juventude. “Qualquer atividade extracurricular desperta o interesse dos alunos. Eles adquirem conhecimento se divertindo”, afirmou.

O grupo formado por Gabriel Pagano, Francisco Fernandes e os irmãos Giovana e Guilherme de Mello curtiram muito a apresentação da dupla. “Eles são divertidos, animados e ainda tratam de alguns temas que podemos aproveitar em sala de aula. É uma maneira bem legal de aprender, além de proporcionar integração entre alunos de anos diferentes”, contou Giovana.

O projeto “Escola Tem Cultura”, realizado pela Secretaria de Cultura, leva para as unidades apresentações de dança, música, teatro, grafite e outras manifestações. A secretaria também é responsável pelo Tour Cultural com o objetivo de aproximar o público escolar dos espaços culturais da cidade, a partir de uma visita guiada por profissionais do setor. Os estudantes tem a oportunidade de conhecer o Memorial Zumbi dos Palmares, a Biblioteca Municipal Raul de Leoni e o Espaço das Artes Zélia Arbex.

De acordo com o coordenador municipal de Juventude, Luciano Campos, a programação do Mês da Juventude envolve estudantes de todas as idades. “Além da programação cultural, temos atividades esportivas e de lazer, além de jogos que fazem a comunidade escolar participar ativamente do dia a dia de Volta Redonda como o VR em Jogo e o Riscolândia”, falou.

O VR em Jogo, o jogo de tabuleiro criado pela equipe da Secretaria de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag) é aplicado em escolas do ensino médio e tem como objetivo envolver os jovens, de forma lúdica e interativa, na criação do Plano Estratégico Municipal (PEM), que tem como objetivo pensar a cidade para os próximos 20 anos.

Já o “Riscolândia”, jogo de tabuleiro, idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e Unicef tem como objetivo aprendizagem e prevenção de catástrofes. Em Volta Redonda, a Defesa Civil realiza dentro das escolas, com o intuito de mostrar para os jovens onde existem riscos, como evitá-los e como acionar o órgão.

Também está na programação o projeto “Sábados de Juventudes”, competição entre as atléticas de faculdades do município. Haverá torneiro de handball feminino, no dia 10, no Ginásio Amaro Inácio, no Retiro; atletismo na Arena Esportiva no dia 17; vôlei na Arena Multiuso da Ilha São João; e no dia 31, basquete masculino e as finais de futsal masculino e feminino, handball e vôlei, também na Ilha. Sempre a partir das 9h.

A Caravana ID Jovem, projeto idealizado para fomentar o ID Jovem, será realizada durante o mês pela Coodjuv, dentro dos colégios da Fevre. O ID Jovem é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual para a população jovem, 15 a 29 anos, pelo Decreto 8.537/2015.

Ainda haverá gincana, palestras sobre igualdade racial, apresentações dos músicos do projeto Volta Redonda Cidade da Música e uma turnê do Coral Watoto, de Uganda, África.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, afirmou que o investimento em cultura, esporte e lazer deve ser contínuo. “O Mês da Juventude é importante para dar visibilidade e divulgar as atividades que desenvolvemos durante o ano todo no município. Quanto maior o envolvimento dos estudantes neste processo, mais multiplicadores dessas ideias formamos em Volta Redonda”, acredita Samuca.