Alunos do projeto Cidade da Música foram aprovados para o curso de Licenciatura em Música na Unirio e UFRJ

O Projeto Volta Redonda Cidade da Música segue revelando talentos no mundo musical. Esse ano quatro alunos do projeto passaram para o curso de Música das universidades federais Unirio (Universidade do Rio de Janeiro) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Além deles, outros dois alunos foram aprovados antes mesmo de concluírem o Ensino Médio: Rian Camilo de Paula e Ana Luísa Bento de Souza.

Segundo o clarinetista Rian Camilo de Paula, 17 anos, morador do bairro Santa Cruz e que há 9 anos está no Cidade da Música, essa é a grande oportunidade da sua vida. “Eu fiz o vestibular como teste e passei. Agora sei que é isso que quero para mim. Quero trabalhar com música e essa é a minha oportunidade. Meu sonho é tocar em uma orquestra sinfônica”, comemora o aluno.

Os alunos Brenda Tais da Silva Reis, Maria Eduarda Galdino de Oliveira, Paulo Ricardo dos Santos Oliveira passaram no vestibular da Unirio e Paloma Aparecida dos Santos Oliveira para a UFRJ, ambos para o curso de Licenciatura em Música.

De acordo com a maestrina Sarah Higino, que coordena o Cidade da Música ao lado do maestro Nicolau Martins de Oliveira – fundador do projeto, o resultado mostra como esse trabalho é importante para os jovens da rede pública.

 

“O Projeto Volta Redonda Cidade da Música tem uma tradição sólida não somente na formação de músicos, mas também profissional e uma formação integrada da capacidade intelectual e emocional desses jovens músicos para que possam representar de maneira positiva nossa cidade”, disse a maestrina.

Para o prefeito Samuca Silva, a música é uma expressão cultural universal que une as pessoas. “A música é uma expressão artística de grande relevância e está presente no cotidiano de muitas pessoas. Estimular a prática dessa manifestação e oferecer a formação adequada na área é também um dos papéis do poder público”, disse o prefeito.

PROJETO – O Projeto Volta Redonda Cidade da Música é desenvolvido em Volta Redonda com alunos das unidades de ensino da Secretaria Municipal de Educação (SME) e da Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre). O projeto, que abre caminho para o conhecimento de música de qualidade e na formação de futuros músicos, é mantido pela Prefeitura Municipal de Volta Redonda, atendendo a mais de 4,5 mil alunos da rede pública de Ensino.