Destaque Toque de primeira

Hora de provar o amor verdadeiro – Toque de Primeira

Amor e ódio caminham juntos entre os torcedores brasileiros. Na vitória tudo são flores, motivos de comemoração. Jogadores se tornam ídolos, treinadores se transformam em estrategistas e dirigentes verdadeiros heróis, mas basta uma derrota para tudo mudar. Jogadores viram pernas de pau, treinador é chamado de burro e dirigentes se tornam incompetentes.

No volta Redonda um fato chama atenção. O time ocupa o segundo lugar, não perde há seis jogos, se vencer o Luverdense pode assumir a liderança e mesmo assim um pequeno grupo de torcedores continuam pedindo a cabeça do técnico Toninho Andrade, criticando jogadores não comparecendo aos jogos, ou seja; fazem criticas sem conhecer a realidade.  Está na hora de mudar essa história e provar o amor verdadeiro comparecendo em bom número no Estádio neste domingo pra incentivar o time que precisa da sua presença. É bom lembrar que nas demais cidades onde jogos acontecem o ingresso custa R$ 40,00 enquanto isso a diretoria mantém o preço de apenas R$ 10,00 tendo que completar o valor estabelecido pela CBF tendo prejuízo em todos os jogos.

Futebol Amador em festa

A dinâmica administrativa da atual diretoria da Liga de Desportos de Volta Redonda (LDVR), comandada por Cláudio Boher (Dinho) e pelo empresário Rogério Loureiro está sendo sentida nos campos onde são realizados os jogos pelo campeonato municipal. A credibilidade da entidade voltou e o sucesso de público nos jogos oficiais é como um voto de confiança da população para a nova administração da entidade. Neste final de semana os torcedores vão conhecer os dois finalistas do campeonato na  categoria sub-40.

O Retiro que venceu o Eldorado no jogo de ida tem vaga garantida.  O outro finalista sairá do duelo entre; Real de Barra Mansa x Oriente que empataram em 1 a 1 no primeiro jogo. A LDVR divulgou a seleção do campeonato sub-50. Paloma (Retiro) Lu (Novo Mundo) Rogério (São Luiz), Claudinho (São Luiz), Marcílio (Novo Mundo), Fred (Asa Negra), João Talento (São Luiz), Édson Assis (Novo Mundo), Henrique (Novo Mundo), Fernando (São Luiz) e Alicio (São Luiz). O melhor técnico foi Tinguá do São Luiz, bicampeão do certame

Falta técnico no País do futebol ?

Após a demissão do técnico Vadão, a seleção brasileira feminina de futebol já tem uma nova técnica. Trata-se da sueca Pia Sundhage, de 59 anos, que é bicampeã olímpica com os EUA e estava dirigindo a categoria sub-16 do seu país.

O Flamengo,  clube mais popular do Brasil trocou Abel Braga pelo português Jorge de Jesus. Na seleção Brasileira principal uma sequência de técnico gaúchos. Luiz Felipe Scolari, Mano Menezes, Dunga e Tite. Afinal, o País do Futebol e em particular os demais estados não formaram técnicos competentes ? Com a palavra os dirigentes da CBF.

Manoel Alves (ACERJ 0242)