Diretores da Cifensa, especializada em beneficiamento de ferro e aço, visitaram a cidade neste início de semana e conheceram os terrenos do Polo Metalmecânico, no bairro Roma

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, recebeu em seu gabinete, na manhã desta terça-feira, dia 03, diretores da Cifensa, empresa metalúrgica especializada em beneficiamento de aço com sede em Goiás. Participaram também do encontro os secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rogério Loureiro; e de Projetos Especiais e Captação de Recursos, Joselito Magalhães. Os executivos da empresa sediada na cidade de Ceres (GO) estavam acompanhados pelo gerente geral Comercial da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), Weber Reis, e demonstraram interesse em transferir a produção industrial para o Polo Metalmecânico de Volta Redonda, em fase de estruturação.

Samuca afirmou que o município dispõe de terrenos próprios e privados para a implantação da empresa, mas lembrou que fará um chamamento público para ocupação, por compra ou concessão, das áreas do Polo Metalmecânico no bairro Roma. “Esses terrenos estão prontos para receber empresas e têm de três a 20 mil metros quadrados”, disse.

O gerente Comercial da CSN ressaltou que os incentivos fiscais garantidos por decreto assinado pelo governador Wilson Witzel em outubro valem para todo estado. “Porém, a gestão municipal em Volta Redonda enxerga o empresário como aliado no desenvolvimento econômico da cidade, facilitando a implantação”, acredita, ressaltando a proximidade com a CSN, fornecedor da matéria prima para a Cifensa.

Os diretores, Marlucio Scalabrini e Marcelo Costa, conversaram com o prefeito e marcaram uma visita aos terrenos do Polo Metalmecânico. “O objetivo é transferir toda produção industrial, o processo fabril, para Volta Redonda e com isso gerar mais de cem empregos diretos e outros indiretos. Pretendemos ampliar os clientes nos estados do sudeste, aumentando a oferta de vagas de trabalho”, disse Marcelo Costa, responsável pela diretoria Comercial, que acrescentou que a Cifensa vai manter em Goiás uma central de distribuição para atender os clientes do estado, além de Tocantins, Pará, Mato Grosso e Brasília.