Maique, do Paulistano, é o primeiro caso de coronavírus entre atletas brasileiros. O clube informou a Liga Nacional de Basquete sobre o resultado positivo para coronavírus nesta segunda. Com isso, os demais atletas da equipe paulista estão em quarentena
Maique estava com tosse desde o dia 13 e foi encaminhado ao hospital dois dias depois, onde foi submetido ao exame. O resultado saiu na noite da terça-feira, e ele logo recebeu alta.
O jogador entrou em quadra pelo Paulistano no NBB no último dia 9, quando a equipe perdeu para a Unifacisa por 101 a 90. Maique atuou nesta partida.

A Unifacisa voltou a atuar no último domingo (15), quando perdeu para o São Paulo por 106 a 103. O NBB seria suspenso por tempo indeterminado no dia seguinte.

Ex-técnico do Voltaço agora é homem forte do Cruzeiro

Os torcedores do Volta Redonda se lembram da boa passagem do Técnico Ricardo Drubscky pelo time da Cidade do Aço. Com curso de graduação em administração esportiva ele passou por clubes importantes como Fluminense no Rio de Janeiro, Goiás e vários clubes do Estado de Minas. Na segunda feira Drubscky foi anunciado como gerente geral do Cruzeiro de Belo Horizonte com a responsabilidade de reestruturar e faze-lo retornar a primeira divisão nacional.

No dia seguinte aconteceu a dispensa do técnico Adilson Batista e já sob o comando de Ricardo Drubscky foi anunciado a contratação Enderson Moreira para comandar a raposa

Novo gerente do Valadares Gaia, de Portugal, brasileiro Zada muda rotina por coronavírus
Novo gerente de futebol do Valadares Gaia, da terceira divisão de Portugal, o brasileiro Zada ainda não conseguiu dar início efetivo ao seu trabalho no exterior. Depois de cinco anos à frente do futebol do Volta Redonda, Zada chegou há duas semanas a Portugal para começar seu novo desafio. Mas, por ora, o coronavírus é quem dita a rotina.

– Estou trabalhando em casa, lendo sobre os regulamentos, vendo os jogos, conhecendo melhor as pessoas através de relatórios. Passo o dia inteiro em casa, e só saio para ir ao supermercado. Aqui se leva a sério o problema.

A conscientização do povo foi rápida – afirmou Zada.

A quarentena no futebol do país segue por tempo indeterminado, mas a Federação Portuguesa vai se reunir esta semana para definir o tempo de paralisação.

Aliviado Jorge Jesus agradece apoio dos torcedores

Um dia após receber a confirmação de que não está afetado pelo novo coronavírus, Jorge Jesus foi ao seu Instagram, na tarde desta quinta-feira, para externar um alívio, já que tira uma “grande carga emocional” sobre si, e ratificar os agradecimentos pela corrente positiva, nos últimos dias.

O técnico do Flamengo compartilhou um vídeo, postado de sua residência, onde seguirá as recomendações de quarentena.

– Hoje é o primeiro dia depois de eu saber o resultado do novo teste que eu fiz do coronavírus, que deu negativo. Estou bem, como estava nos dias outros dias, mas tiro de cima de mim uma grande carga emocional. Vou continuar a fazer a quarentena, pois tenho que pensar em mim e nos outros. O vírus não escolhe cores, não escolhe religião, não escolhe status social. Quero agradecer a todos os meus amigos, aos torcedores da nação flamenguista, a todos os meus seguidores. Do fundo do meu coração, obrigado a todos – falou o Mister.

– Estou bem e mais uma vez agradeço o carinho de todos comigo. A recomendação é seguir de quarentena, que nós possamos exercer esse momento de precaução juntos e comprometidos. Um grande abraço! – escreveu ainda, na legenda da postagem, com a hashtag #ObrigadoPeloApo
Os dois primeiros exames de Jesus apontavam como “positivo fraco” ou “inconclusivo”. Diante disso, o treinador seguiu isolado em seu apartamento no Rio de Janeiro, sendo acompanhado de perto por médicos do departamento do clube. O resultado negativo foi confirmado Flamengo na última noite.

Em tempo: a princípio, o elenco do Flamengo se reapresentaria nesta segunda-feira, no Ninho do Urubu. No entanto, o clube deve informar, nas próximas horas, o prolongamento das paralisações, por conta da pandemia da COVID-19.
Com a paralisação do Campeonato Carioca por conta da pandemia do Coronavírus, o Volta Redonda liberou todos os atletas para irem para casa. Entretanto, com a volta do Campeonato Carioca prevista, a princípio, para 15 dias, a comissão técnica do Esquadrão de Aço montou uma programação de treino para os jogadores realizarem durante este período.

O preparador físico do Voltaço Paulo Fagundes explicou que o planejamento montado terá treinamentos diários, mantendo o volume que os atletas fariam se estivessem treinando normalmente.

Vamos montar o trabalho e colocar em um quadro semanal. Terá aquecimento, alongamento e trabalhos físicos, com treinamentos aeróbicos, de força e resistência. A ideia é manter os jogadores com um volume alto de treinamento, mais ou menos dentro do volume que estávamos fazendo diariamente. Claro que, como não teremos o trabalho com a bola, vamos precisar aumentar um pouco a intensidade da parte física. Tudo para minimizar as perdas, para que, quando voltarmos, possamos entrar com o trabalho de intensidade, já preparando o time para a volta dos jogos – destacou Paulo.

Manoel Alves (ACERJ 0242)