Salvador- BA- Brasil- 25/07/2016- As escolas estaduais estão intensificando as atividades na preparação dos estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece 5 e 6 de novembro deste ano. No Colégio Estadual Ruben Dário, no bairro de San Martin, em Salvador, a semana será de simulados. Para abranger todas as áreas do conhecimento, as provas começaram nesta segunda-feira (25) e prosseguem até quinta (28), oportunizando aos alunos do 3º ano do Ensino Médio e da Educação Profissional vivenciar situações semelhantes às do dia da avaliação. Com o sonho de cursar Medicina, Leonardo Alves, 17 anos, destaca que o simulado contribui para aumentar a sua confiança. “Podemos avaliar nosso conhecimento e rever os pontos que precisamos melhorar. Também temos o apoio dos professores, que são bastante solícitos. Por meio de grupos online, realizamos uma troca de temas e assuntos que estão em mais evidência no momento. Isso nos deixa ainda mais preparados”. Entusiasmado com a possibilidade de cursar Engenharia Química, Wallace Santos, 18, afirma que o aluno não pode se contentar apenas com o que aprende na sala de aula. “Estamos tendo a oportunidade de aperfeiçoar o nosso conhecimento com diversas atividades. Além da escola, os colegas se reúnem em grupos de estudo para podermos já obter, nos simulados, um bom resultado, nos capacitando a realizar uma boa prova do Enem”. O professor de Língua Portuguesa, Antônio Almeida, diz que o suporte da unidade escolar é fundamental para o bom desempenho do estudante. “Fazemos um trabalho sempre visando o que é aplicado no exame. Com certeza, estas atividades dão uma maior oportunidade aos nossos alunos e os estimulam a concorrer em situação de igualdade com qualquer candidato. Além do simulado, a escola realiza as Olimpíadas de Matemática e Português, assim como o Clube de Leitura, desenvolvendo a interpretação de texto”. A Secretaria da Educação disponibiliza par

Quem procura uma oportunidade de qualificação profissional em nível superior tem até o próximo dia 24, para se inscrever no curso de Tecnologia em Sistemas para Internet, com foco em empreendedorismo digital, da Faeterj de Barra Mansa (Faculdade de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro). Ao todo estão sendo oferecidas 60 vagas, distribuídas nos turnos da manhã e da noite. Interessados em disputar uma cadeira do curso deve acessar o site http://www.faetec.rj.gov.br/index.php/inscricoes/concursos/103-enem-faeterj-barra-mansa-2018, imprimir a folha de inscrição, preencher os dados e entregar na unidade, situada à Rodovia Dr. Sérgio Braga, s/nº, Barbará.

A seleção dos candidatos terá como base a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de um dos três últimos anos – 2015, 2016 ou 2017. O início das aulas está programado para a primeira quinzena de agosto.

No primeiro dia do processo de inscrição, cerca de 30 candidatos compareceu à unidade da Faeterj, segundo o diretor da unidade, Ricardo Said. “É um número bastante expressivo, levando em conta que a inscrição é feita com base na nota do Enem. Até o fim do prazo, acredito que a procura por vagas será intensa”, disse Said, detalhando que o curso terá dois anos e meio de duração, com diploma emitido pela Faetec, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, e com chancela da UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro).

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Barra Mansa, Agnaldo Raymundo, considera que o curso em sistemas para Internet vai agregar possibilidades de geração de renda, principalmente para os jovens. “A era da tecnologia e da informação vem modificando as relações de trabalho e, este curso vai agregar novas possibilidades de qualificação profissional em nível superior, assim como oportunidades de geração de renda e empreendedorismo”, ressaltou.

Agnaldo considerou ainda que o curso é uma poderosa ferramenta para o combate ao desemprego e à informalidade. O Rio de Janeiro é o estado que mais sofre com a crise da falta de emprego na Região Sudeste.  Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o contingente de pessoas que desistiu de procurar trabalho no estado somou 71 mil pessoas – 1 mil a mais do que no primeiro trimestre de 2017. “Entre os jovens com idade de 18 a 24 anos a taxa de desemprego é de 28.1%. Daí a importância desse curso em nossa cidade para contrapor esses dados e oportunizar aos alunos a chance de uma carreira sólida, através de uma profissão totalmente inovadora e com vagas no mercado de trabalho, ou uma carreira complementar à que ele tem, traduzindo em renda extra o desenvolvimento de softwares, aplicativos e tudo o que envolve o ambiente virtual”, analisou o secretário.

Calendário: