????????????????????????????????????

Entre outros benefícios, documento dá direito a crédito e participação em oficinas e cursos

Nesta segunda-feira, dia 19 de março, na Biblioteca Municipal, 255 artesãos de Volta Redonda receberam a Carteira Nacional do Artesão. O documento é fornecido gratuitamente e foi criado como desdobramento do Programa do Artesanato Brasileiro do Rio de Janeiro (PAB-RJ).

“O artesanato é uma potência. Tínhamos que fortalecer o programa e apresentá-lo aos prefeitos. Com a carteira, os artesãos podem participar de feiras em qualquer estado” disse a subsecretária de turismo do estado, Neia Mariozz.

O vice-prefeito e secretário de Ação Comunitária, Maycon Abrantes, parabenizou os artesãos de Volta Redonda.  “Essa ação reflete de forma positiva em nossa região. Hoje os artesãos estão tendo dignidade e reconhecimento. A carteira é só um ato simbólico, e todos eles ajudam a fomentar cada vez mais a cultura de Volta Redonda”, destacou Maycon.

A artesã Solange Maria de Oliveira foi uma das cinco primeiras a receber a Carteira do Artesão. “É um reconhecimento para a nossa categoria. Eu me sinto lembrada, acho muito válido sim. Sou artesã há muitos anos e fico muito feliz de ver que estamos tendo esse reconhecimento do serviço público da prefeitura de Volta Redonda”, disse Solange.

A Secretaria Municipal de Cultura Aline Ribeiro destacou a importância de dar opções para os artesãos. “É uma ação muito importante para que eles possam mostrar todos seu talento artístico. O prefeito Samuca nos orienta a sempre buscar ações que incentivem a cultura associada a geração de renda” comentou Aline.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Volta Redonda também esteve presente no evento com a participação da subsecretaria Thais Souza.